Home / 4G LTE / O que é OFDM e FBMC?

O que é OFDM e FBMC?

Compreendendo OFDM (multiplexação por divisão de frequência ortogonal) e FBMC (multiportadora de banco de filtros)

1. Multiplexação por divisão de frequência ortogonal (OFDM):

1.1. Introdução:

OFDM é um esquema de modulação amplamente utilizado em sistemas de comunicação sem fio, incluindo 4G LTE e Wi-Fi. Ele foi projetado para enfrentar os desafios colocados pelos canais com desvanecimento seletivo de frequência, permitindo uma transmissão eficiente de dados através do espectro de rádio.

1.2. Princípios-chave:

  • Ortogonalidade da Subportadora: OFDM divide o espectro de frequência disponível em múltiplas subportadoras estreitamente espaçadas. Essas subportadoras são ortogonais entre si, o que significa que suas frequências são cuidadosamente escolhidas para evitar interferências.
  • Intervalos de guarda: Para combater a interferência entre símbolos causada pela propagação de caminhos múltiplos, o OFDM introduz intervalos de guarda entre símbolos. Esses intervalos de guarda servem como um buffer no domínio do tempo, permitindo que os sinais se estabilizem antes da recepção do próximo símbolo.
  • Adaptação às condições do canal: o OFDM é adaptável às diversas condições do canal, e a ortogonalidade das subportadoras ajuda na comunicação robusta em ambientes com desvanecimento seletivo de frequência.

2. Multiportadora de banco de filtros (FBMC):

2.1. Introdução:

FBMC é uma técnica alternativa de modulação multiportadora que ganhou atenção como potencial sucessora do OFDM. Visa superar algumas das limitações do OFDM, especialmente em cenários com alta mobilidade e condições dinâmicas de canal.

2.2. Princípios-chave:

  • Filtragem de Subbanda: Ao contrário do OFDM, que usa um espaçamento de subportadora único e uniforme, o FBMC emprega uma estrutura de banco de filtros com múltiplas subbandas. Cada subbanda possui seu próprio conjunto de filtros, permitindo maior flexibilidade no tratamento de diferentes condições de canal.
  • Bandas de guarda: o FBMC introduz bandas de guarda entre subbandas adjacentes, reduzindo o potencial de interferência. Isto é especialmente benéfico em cenários com subportadoras compactadas, como no OFDM.
  • Eficiência Espectral Melhorada: A filtragem no FBMC permite um uso mais concentrado do espectro de frequência disponível, levando potencialmente a uma eficiência espectral melhorada em comparação com OFDM.

3. OFDM x FBMC:

3.1. Eficiência Espectral:

  • OFDM: OFDM oferece alta eficiência espectral, mas pode enfrentar desafios em cenários com canais altamente dinâmicos devido à sua estrutura rígida de subportadoras.
  • FBMC: o FBMC, com sua filtragem de subbanda, fornece uma abordagem mais adaptativa ao uso espectral, oferecendo potencialmente maior eficiência em determinadas condições.

3.2. Robustez às condições do canal:

  • OFDM: OFDM é adequado para condições de canal relativamente estáticas e seus intervalos de guarda ajudam a mitigar a interferência de múltiplos caminhos.
  • FBMC: a abordagem de filtragem do FBMC permite melhor adaptabilidade às diversas condições do canal, tornando-o potencialmente mais robusto em cenários de alta mobilidade.

3.3. Complexidade de implementação:

  • OFDM: OFDM foi amplamente implementado e padronizado, levando a implementações de hardware maduras e eficientes.
  • FBMC: o FBMC introduz complexidades adicionais devido ao uso de bancos de filtros, tornando sua implementação mais desafiadora e potencialmente intensiva em recursos.

4. Aplicações e tendências futuras:

  • OFDM: OFDM continua a ser o esquema de modulação dominante nos padrões atuais de comunicação sem fio, como LTE e Wi-Fi.
  • FBMC: o FBMC é explorado como um potencial candidato para futuros sistemas de comunicação, especialmente em cenários com alta mobilidade e condições dinâmicas de canal.

5. Conclusão:

Concluindo, OFDM e FBMC são técnicas de modulação multiportadora projetadas para enfrentar diferentes desafios na comunicação sem fio. OFDM, com presença consolidada nos padrões atuais, oferece alta eficiência espectral, enquanto FBMC, com sua filtragem de sub-bandas, apresenta uma abordagem mais adaptativa que pode ser benéfica em determinados cenários futuros.

Recent Updates