Home / 4G LTE / Qual é o protocolo de estrato sem acesso?

Qual é o protocolo de estrato sem acesso?

O protocolo Non-Access Stratum (NAS) em LTE (Long-Term Evolution) é um componente chave da arquitetura geral do protocolo LTE. É responsável por lidar com procedimentos de sinalização e controle independentes da tecnologia de acesso rádio. O protocolo NAS opera em uma camada superior em relação ao Estrato de Acesso (AS) e é essencial para o estabelecimento, gerenciamento e liberação de conexões entre o Equipamento do Usuário (UE) e o Evolved Packet Core (EPC) em redes LTE.

Protocolo NAS em LTE:

Pilha de protocolos:

O protocolo NAS faz parte de uma pilha de protocolos em camadas no LTE. A pilha de protocolos inclui:

  • Estrato de Não Acesso (NAS): Gerencia procedimentos de sinalização e controle independentes da tecnologia de rádio.
  • Controle de Recursos de Rádio (RRC): Lida com procedimentos de controle e sinalização específicos de rádio.
  • Protocolo de convergência de dados de pacotes (PDCP): garante a entrega confiável e em sequência de pacotes IP.
  • Controle de link de rádio (RLC): gerencia a entrega confiável de dados pela interface de rádio.
  • Controle de acesso médio (MAC): controla os recursos de rádio e o acesso à camada física.

Interação com AS:

O protocolo NAS se comunica com a camada Access Stratum (AS) quando são necessários procedimentos específicos de rádio. Por exemplo, quando a camada NAS precisa estabelecer uma portadora de rádio para transmissão de dados do usuário, ela instrui a camada AS a executar as ações específicas de rádio necessárias.

Funções do protocolo NAS:

Procedimentos para anexar e desconectar:

O protocolo NAS gerencia procedimentos relacionados à conexão e desconexão do UE de e para a rede LTE. Durante o procedimento de anexação, o UE fornece informações para estabelecer uma conexão com a rede. Os procedimentos de desconexão envolvem o término da associação do UE com a rede.

Funções de segurança:

As funções relacionadas à segurança do protocolo NAS são cruciais para garantir a confidencialidade e integridade da transmissão de dados. O NAS gerencia procedimentos de segurança, como estabelecimento de chaves e criptografia para proteger canais de comunicação.

Gerenciamento de sessão:

O protocolo NAS é responsável pelo gerenciamento de sessões, o que envolve a configuração, modificação e liberação de portadores EPS (Evolved Packet System). Esses portadores são essenciais para a transmissão de dados do usuário em redes LTE.

Atualização de localização:

Fornecer informações sobre a localização do UE à rede é outra função do protocolo NAS. Os procedimentos de atualização de localização ajudam a rede a rastrear o paradeiro do UE dentro da área de cobertura LTE.

Sinalização NAS:

Fluxo de sinalização:

A sinalização NAS envolve a troca de mensagens entre o UE e os componentes EPC, como a Entidade de Gestão de Mobilidade (MME). Diferentes tipos de mensagens NAS são trocados para facilitar procedimentos como anexar, desconectar, negociação de segurança e gerenciamento de sessões.

Tipos de mensagem:

As mensagens NAS podem ser categorizadas em vários tipos com base em suas funções. Os tipos comuns de mensagens NAS incluem mensagens de anexação e desanexação, mensagens de controle de modo de segurança, mensagens de gerenciamento de sessão e mensagens de atualização de localização.

Significado do protocolo NAS:

Acesso à rede:

O protocolo NAS é fundamental para permitir que o UE acesse a rede LTE. Durante o procedimento de anexação, o UE fornece as informações necessárias para estabelecer uma conexão com a rede.

Estabelecimento de segurança:

Os procedimentos relacionados com a segurança geridos pelo protocolo NAS contribuem para o estabelecimento de canais de comunicação seguros entre o UE e a rede, garantindo a confidencialidade e integridade da transmissão de dados.

Gerenciamento de sessão:

O protocolo NAS é responsável por gerenciar sessões, facilitando a configuração, modificação e liberação de portadores EPS para transmissão eficiente de dados.

Conclusão:

Concluindo, o protocolo Non-Access Stratum (NAS) em LTE é um elemento crítico que gerencia procedimentos de sinalização e controle independentes da tecnologia de acesso rádio. Desempenha um papel fundamental no estabelecimento, gerenciamento e liberação de conexões entre o Equipamento do Usuário e o Evolved Packet Core, garantindo a operação eficiente das redes LTE. O protocolo NAS é essencial para fornecer comunicação confiável, segura e contínua em LTE.

Recent Updates