Home / 5G / Qual é a diferença entre SA e NSA?

Qual é a diferença entre SA e NSA?

No contexto das redes móveis 5G (quinta geração), SA (autônomo) e NSA (não autônomo) referem-se a diferentes arquiteturas de implantação que determinam como o 5G é integrado às redes 4G LTE (evolução de longo prazo) existentes durante as fases iniciais de Lançamento 5G.

1. Não autônomo (NSA):

  • Definição:
    • NSA, ou Non-Standalone, é o modo de implantação inicial para 5G que depende da infraestrutura 4G LTE existente. No modo NSA, o plano de controle está ancorado na rede 4G (LTE), enquanto o plano do usuário pode aproveitar recursos 4G e 5G. Isso significa que as funções de controle para LTE e 5G são gerenciadas pela rede principal LTE.
  • Conectividade dupla:
    • A NSA permite conectividade dupla, onde um dispositivo do usuário se conecta simultaneamente a redes 4G e 5G. Isso permite taxas de dados mais rápidas e maior capacidade de rede, agregando recursos de ambas as gerações.
  • Lançamento rápido:
    • A NSA é considerada uma forma mais rápida e prática de introduzir serviços 5G, uma vez que aproveita a infraestrutura 4G existente. Ele fornece um trampolim para que as operadoras introduzam recursos 5G sem a necessidade de uma rede central totalmente nova.
  • Plano de controle em LTE:
    • Nas implantações da NSA, a sinalização do plano de controle, incluindo gerenciamento de mobilidade e controle de conexão, é gerenciada pela rede principal LTE. A estação base 5G (gNB) é responsável pelo plano do usuário, melhorando as taxas e capacidade de dados.

2. Autônomo (SA):

  • Definição:
    • SA, ou Standalone, é a implantação totalmente independente de 5G, sem dependência da infraestrutura 4G existente. No modo SA, tanto o plano de controle quanto o plano do usuário estão ancorados na rede principal 5G. Esta arquitetura é mais avançada e representa a visão de longo prazo para redes 5G.
  • Nova rede principal:
    • SA exige a implantação de uma nova rede central 5G, que traz recursos avançados e é projetada para aproveitar totalmente o potencial da tecnologia 5G. Isso inclui recursos como divisão de rede, latência aprimorada e suporte aprimorado para diversos serviços.
  • Recursos aprimorados:
    • SA oferece recursos e capacidades aprimorados em comparação com a NSA. Ele oferece maior flexibilidade, escalabilidade e eficiência ao aproveitar totalmente os recursos nativos da rede principal 5G.
  • Divisão de rede:
    • Um dos recursos significativos do SA é o suporte para fatiamento de rede, permitindo que as operadoras criem redes virtualizadas e isoladas, adaptadas a casos de uso ou serviços específicos com requisitos variados.
  • Suporte de baixa latência:
    • A arquitetura SA fornece suporte aprimorado para aplicativos de baixa latência, tornando-a adequada para serviços que exigem comunicação ultraconfiável e de baixa latência (URLLC), como automação industrial e veículos autônomos.
  • Visão de longo prazo:
    • SA é considerada a visão de longo prazo para redes 5G. À medida que as operadoras continuam a evoluir as suas redes, há um foco crescente na transição para implantações SA para explorar plenamente o potencial das tecnologias 5G.

Principais diferenças:

  • A principal diferença entre SA e NSA está na arquitetura da rede principal. A NSA depende da rede principal 4G existente para funções de controle, enquanto a SA requer uma rede principal 5G nova e independente.
  • O SA oferece recursos avançados, como divisão de rede e suporte aprimorado para aplicativos de baixa latência, tornando-o mais adequado para casos de uso diversos e futuristas.
  • A NSA permite uma implementação mais rápida de serviços 5G, aproveitando a infraestrutura 4G existente, tornando-a uma opção prática e econômica nas fases iniciais da implantação do 5G.
  • SA representa a evolução de longo prazo das redes 5G, oferecendo maior independência, flexibilidade e recursos avançados.

Em resumo, a NSA e a SA representam diferentes fases de implementação e arquitecturas para redes 5G, com a NSA a depender da infra-estrutura 4G existente e a SA a exigir uma nova rede central 5G independente para a plena exploração das capacidades 5G. Cada modo de implantação atende a propósitos específicos na evolução das redes 5G, atendendo às diferentes prioridades e cronogramas das operadoras.

Recent Updates