Home / GSM / Qual é a diferença entre PSTN e celular?

Qual é a diferença entre PSTN e celular?

A rede telefônica pública comutada (PSTN) e as redes celulares são dois sistemas de comunicação distintos que atendem a propósitos diferentes e utilizam tecnologias diferentes. Vamos explorar as principais diferenças entre PSTN e redes celulares:

PSTN (rede telefônica pública comutada):

1. Infraestrutura:

  • Infraestrutura com fio: a PSTN depende de uma infraestrutura com fio, usando cabos de cobre ou fibra óptica para conectar linhas telefônicas e centrais de comutação.
  • Comutação centralizada: as chamadas na PSTN normalmente são roteadas através de centrais de comutação centralizadas.

2. Tipo de conexão:

  • Comutação de circuito: a PSTN usa principalmente tecnologia de comutação de circuito, estabelecendo um circuito dedicado durante uma chamada.

3. Mobilidade:

  • Mobilidade limitada: a PSTN foi projetada para telefonia fixa estacionária, sem os recursos de mobilidade associados às redes celulares.

4. Cobertura:

  • Cobertura geográfica: a cobertura PSTN normalmente é limitada a regiões geográficas específicas e a expansão pode envolver amplo desenvolvimento de infraestrutura.

5. Tecnologia:

  • Tecnologia analógica e digital: a PSTN historicamente usou tecnologia analógica, mas as implementações modernas geralmente envolvem tecnologias digitais como ISDN (Rede Digital de Serviços Integrados).

Redes celulares:

1. Infraestrutura:

  • Infraestrutura sem fio: as redes celulares são sem fio, com torres de celular e estações base fornecendo cobertura em áreas geográficas específicas.
  • Comutação descentralizada: as chamadas em redes celulares podem ser roteadas através de múltiplas estações base e centros de comutação, permitindo o gerenciamento descentralizado de chamadas.

2. Tipo de conexão:

  • Comutação de circuitos e comutação de pacotes: as redes celulares suportam tecnologias de comutação de circuitos (para chamadas de voz) e de comutação de pacotes (para serviços de dados).

3. Mobilidade:

  • Alta mobilidade: as redes celulares são projetadas para alta mobilidade, permitindo que os usuários façam chamadas e acessem serviços de dados enquanto estão em movimento.

4. Cobertura:

  • Ampla cobertura geográfica: As redes celulares fornecem ampla cobertura, incluindo áreas urbanas, suburbanas e rurais. A expansão da cobertura é mais flexível devido à natureza sem fio da infraestrutura.

5. Tecnologia:

  • Tecnologia digital: as redes celulares usam predominantemente tecnologias digitais, com gerações como 2G, 3G, 4G e 5G representando avanços nos padrões de comunicação móvel.

Aspectos comuns:

1. Voz e dados:

  • Tanto as redes PSTN quanto as celulares oferecem suporte à comunicação de voz, mas as redes celulares também fornecem serviços de dados, permitindo acesso à Internet, mensagens e outros aplicativos digitais.

2. Interconexão:

  • Existem pontos de interligação entre redes PSTN e celulares, possibilitando chamadas entre telefones fixos e celulares.

3. Evolução:

  • Ambas as tecnologias evoluíram ao longo do tempo, com a transição da PSTN do analógico para o digital e as redes celulares progredindo através de gerações de tecnologia (2G, 3G, 4G, 5G).

Resumo:

Em resumo, a PSTN é uma rede com fio projetada principalmente para telefonia fixa estacionária, enquanto as redes celulares são sistemas de comunicação móvel sem fio que suportam serviços de voz e dados em uma ampla área geográfica. As principais distinções residem na sua infraestrutura, recursos de mobilidade e implementações tecnológicas.

Recent Updates