Home / 5G / Qual é a diferença entre portadora de rádio e portadora EPS?

Qual é a diferença entre portadora de rádio e portadora EPS?

Qual ​​é a diferença entre portadora de rádio e portadora EPS?

Para compreender a diferença entre portadores de rádio e portadores de EPS (Evolved Packet System) no contexto de redes de comunicação móvel, é importante reconhecer que estes são dois conceitos distintos utilizados em diferentes gerações de redes. Os portadores de rádio estão principalmente associados às redes 5G, enquanto os portadores EPS são um conceito das redes LTE (Long-Term Evolution) e 4G. Vamos nos aprofundar nos detalhes de cada um e destacar suas diferenças:

Portadores de rádio em 5G:

  1. Definição: Os portadores de rádio em 5G são canais de comunicação estabelecidos entre o equipamento do usuário (UE) e a estação base (gNodeB) através da interface aérea sem fio. Eles servem como canais para transmissão de dados do usuário e informações de controle.
  2. Tipos: Existem dois tipos principais de portadoras de rádio em 5G:
    • Data Radio Bearers (DRB): usados ​​para a transmissão de dados do usuário, como tráfego de Internet, streaming de mídia e dados de aplicativos.
    • Control Radio Bearers (CRB): Dedicados à troca de informações do plano de controle, incluindo sinalização para configuração de chamadas, transferências e procedimentos relacionados à rede.
  3. Estabelecimento Dinâmico: Os portadores de rádio em 5G são estabelecidos, modificados ou liberados dinamicamente com base nas necessidades de comunicação do UE e da rede. Esse gerenciamento dinâmico permite a utilização eficiente de recursos.
  4. QoS e flexibilidade: cada portadora de rádio pode ser associada a um perfil específico de qualidade de serviço (QoS), garantindo que diferentes tipos de tráfego recebam tratamento adequado em termos de latência, perda de pacotes e taxa de transferência. . Essa flexibilidade é crucial para acomodar vários aplicativos e serviços.
  5. Segurança: Tanto os dados quanto os portadores de rádio de controle são protegidos por meio de mecanismos de criptografia e autenticação para proteger a confidencialidade e a integridade das informações transmitidas.
  6. Específico para 5G: os portadores de rádio são específicos para redes 5G e são um componente essencial para alcançar o desempenho e os recursos avançados da tecnologia 5G.

Portadores EPS em LTE/4G:

  1. Definição: portadores EPS, ou portadores Evolved Packet System, são canais de comunicação usados ​​em redes LTE (4G). Assim como os portadores de rádio, eles facilitam a transmissão de dados e informações de controle entre o UE e o NodeB evoluído (eNodeB), que é a estação base 4G.
  2. Tipos: os portadores de EPS podem ser categorizados em dois tipos principais:
    • Portadores EPS padrão (portadores dedicados): são estabelecidos por padrão quando o UE se conecta à rede e normalmente transportam dados do usuário.
    • Portadores EPS dedicados: Esses suportes são estabelecidos conforme necessário para serviços ou aplicações específicas. Eles também podem transportar dados do usuário e informações de controle.
  3. Configuração estática: os portadores EPS são configurados durante a configuração inicial da rede e são relativamente estáticos em comparação com a natureza dinâmica dos portadores de rádio 5G. Eles são configurados com base no perfil do assinante e nos requisitos de serviço.
  4. Suporte QoS: portadores EPS suportam Qualidade de Serviço (QoS) para garantir que diferentes tipos de tráfego recebam o nível de serviço desejado. Os parâmetros de QoS são negociados durante o estabelecimento do portador.
  5. Segurança: semelhante ao 5G, as redes LTE/4G também empregam mecanismos de criptografia e autenticação para proteger a comunicação em portadores de EPS.
  6. Específicos para 4G: os portadores de EPS são específicos para redes LTE e 4G e foram projetados para fornecer serviços de dados de alta velocidade e maior eficiência de rede em comparação com gerações anteriores de redes móveis.

Principais diferenças:

  1. Geração de rede: os portadores de rádio estão associados a redes 5G, enquanto os portadores de EPS são específicos para redes LTE e 4G.
  2. Dinâmico versus estático: os portadores de rádio em 5G são estabelecidos e gerenciados dinamicamente, permitindo flexibilidade na alocação de recursos, enquanto os portadores de EPS em LTE/4G são configurados de forma mais estática durante a configuração da rede.
  3. Terminologia: A terminologia e os conceitos diferem entre as duas gerações de redes, refletindo a evolução e as melhorias na tecnologia.
  4. Suporte de serviço: ambos os tipos de portadores suportam QoS e segurança, mas seu design e recursos podem variar até certo ponto devido a diferenças na arquitetura e nos requisitos da rede.

Em resumo, os portadores de rádio são um conceito fundamental nas redes 5G, servindo como canais de comunicação dinâmicos para dados do usuário e informações de controle. Por outro lado, os portadores EPS são específicos para redes LTE/4G e fornecem funções semelhantes, mas com uma arquitetura de rede e abordagem de configuração diferentes. Compreender a distinção entre estes suportes é essencial quando se trabalha ou analisa as capacidades de diferentes gerações de redes móveis.

Recent Updates