Home / 4G LTE / Qual é a diferença entre EPC e EPS?

Qual é a diferença entre EPC e EPS?

No domínio das redes de comunicação sem fio LTE (Long-Term Evolution) e 4G, EPC (Evolved Packet Core) e EPS (Evolved Packet System) são dois conceitos-chave que desempenham papéis essenciais no fornecimento da infraestrutura de rede principal. Embora os termos estejam relacionados, eles se referem a diferentes aspectos da arquitetura LTE. Vamos nos aprofundar nos detalhes para entender as diferenças entre EPC e EPS.

EPC (núcleo de pacote evoluído):

1. Definição:

  • EPC (Evolved Packet Core): EPC representa a arquitetura de rede principal em LTE. É um componente crítico que fornece a infraestrutura de comutação de pacotes para lidar com o tráfego de dados em redes LTE.

2. Funcionalidade:

  • EPC (Evolved Packet Core): o EPC executa diversas funções, incluindo roteamento e encaminhamento de pacotes, gerenciamento de mobilidade, gerenciamento de sessões e autenticação. É responsável por garantir o transporte eficiente de pacotes de dados entre os equipamentos do usuário (UE) e redes externas, como a internet ou redes de outras operadoras.

3. Componentes:

  • EPC (Evolved Packet Core): Compreende vários componentes principais, incluindo a Entidade de Gerenciamento de Mobilidade (MME), o Serving Gateway (SGW), o Packet Data Network Gateway (PDN-GW) e outros. Cada componente tem funções específicas no gerenciamento de diferentes aspectos da transferência de dados e da mobilidade do usuário.

EPS (sistema de pacotes evoluído):

1. Definição:

  • EPS (Evolved Packet System): EPS é um termo mais amplo que abrange tanto a rede de acesso de rádio (E-UTRAN) quanto o Evolved Packet Core (EPC). Refere-se a todo o sistema evoluído que fornece serviços de dados comutados por pacotes de alta velocidade em redes LTE.

2. Funcionalidade:

  • EPS (Evolved Packet System): Abrange a funcionalidade de E-UTRAN (Evolved Universal Terrestrial Radio Access Network) e EPC. Inclui a infraestrutura de rede de acesso via rádio (eNBs ou NodeBs evoluídos) e a infraestrutura de rede central responsável pela transferência de dados por pacotes.

3. Escopo:

  • EPS (Evolved Packet System): Representa a arquitetura completa do sistema, desde a rede de acesso de rádio até a rede central. Ele destaca a evolução ponta a ponta no fornecimento de serviços de dados em pacotes eficientes e de alto desempenho.

Principais diferenças:

1. Escopo:

  • EPC (Evolved Packet Core): Refere-se especificamente à arquitetura de rede central em LTE, com foco na infraestrutura responsável pela transferência de dados por pacotes.
  • EPS (Evolved Packet System): Abrange tanto a rede de acesso de rádio (E-UTRAN) quanto o Evolved Packet Core (EPC), representando o sistema evoluído completo para serviços de dados por pacotes em LTE.< /li>

2. Componentes:

  • EPC (Evolved Packet Core): compreende componentes centrais de rede como MME, SGW e PDN-GW, com foco na infraestrutura central de pacotes.
  • EPS (Evolved Packet System): abrange tanto o acesso de rádio (E-UTRAN) quanto a rede principal (EPC), fornecendo uma visão holística de todo o sistema evoluído.

3. Uso:

  • EPC (Evolved Packet Core): um termo comumente usado para descrever especificamente a infraestrutura de rede principal em LTE.
  • EPS (Evolved Packet System): Usado em um contexto mais amplo para representar todo o sistema evoluído, destacando a arquitetura integrada do acesso de rádio e das redes principais.

Conclusão:

Em resumo, EPC (Evolved Packet Core) e EPS (Evolved Packet System) são conceitos relacionados dentro da arquitetura LTE, mas referem-se a escopos diferentes. EPC denota especificamente a infra-estrutura de rede central responsável pelos serviços de dados em pacotes, enquanto EPS representa todo o sistema evoluído, abrangendo tanto a rede de acesso rádio (E-UTRAN) como a rede principal (EPC). Compreender estes termos é crucial para compreender a arquitetura e funcionalidade abrangentes das redes LTE.

Recent Updates