Home / 5G / Quais são os parâmetros do 3GPP 5G QoS?

Quais são os parâmetros do 3GPP 5G QoS?

O 3GPP (Projeto de Parceria de 3ª Geração) define os parâmetros de Qualidade de Serviço (QoS) para redes 5G para garantir que diferentes serviços e aplicações recebam o nível de desempenho exigido. Esses parâmetros são essenciais para gerenciar os diversos requisitos dos aplicativos, dar suporte a vários casos de uso e fornecer uma experiência de usuário de alta qualidade. Aqui estão os principais parâmetros do 3GPP 5G QoS:

  1. QoS Class Identifier (QCI): QCI é um valor numérico atribuído a cada portadora em uma rede 5G, representando uma classe de QoS específica. É um parâmetro crucial que define a prioridade geral e as características do serviço. Diferentes QCIs estão associados a diferentes níveis de atraso, confiabilidade e rendimento, permitindo a diferenciação de serviços com base em seus requisitos.
  2. Prioridade de alocação e retenção (ARP): ARP é um parâmetro que determina a prioridade de uma conexão durante a alocação e retenção de recursos. É particularmente importante em cenários onde os recursos de rede são escassos e a rede precisa priorizar certas conexões em detrimento de outras. Os valores ARP variam de 1 a 15, com valores mais altos indicando maior prioridade.
  3. Atraso máximo de transferência (MTD): MTD especifica o atraso máximo aceitável para um fluxo de QoS específico. É definido em milissegundos e é usado para garantir que o atraso ponta a ponta de um determinado serviço permaneça dentro de limites aceitáveis. Aplicações com requisitos de atraso rigorosos, como serviços de comunicação em tempo real, podem ter valores MTD mais baixos.
  4. Tamanho máximo de burst (MBS): MBS define o tamanho máximo de um burst de dados que pode ser enviado em uma única transmissão. Ajuda a controlar a explosão do tráfego, garantindo que a rede possa lidar com picos repentinos na transmissão de dados sem degradar o desempenho geral.
  5. Taxa mínima de perda de pacotes (PLR): PLR é um parâmetro que especifica a taxa aceitável de perda de pacotes para um fluxo de QoS. Representa a porcentagem máxima de pacotes que podem ser perdidos durante a transmissão sem afetar negativamente a qualidade do serviço. Aplicativos sensíveis à perda de pacotes, como chamadas de voz e vídeo, podem ter requisitos de PLR ​​mais baixos.
  6. Nível de prioridade: O nível de prioridade é um parâmetro qualitativo que indica a importância ou urgência de um fluxo de QoS. É frequentemente associado aos valores de QCI e ARP, com fluxos de maior prioridade recebendo tratamento preferencial durante a alocação de recursos. O nível de prioridade é essencial para garantir que os serviços críticos recebam os recursos necessários, especialmente em condições de rede congestionada.
  7. QoS reflexivo: QoS reflexivo é um mecanismo que permite à rede refletir as configurações de QoS do tráfego de entrada de volta ao remetente. Isso ajuda a manter uma QoS consistente em diferentes segmentos da rede e garante que o remetente esteja ciente das políticas de QoS aplicadas ao seu tráfego.
  8. Orçamento de atraso de pacote (PDB): PDB é um parâmetro que especifica o atraso máximo aceitável de ponta a ponta para um serviço específico. Inclui vários componentes, como atraso de transmissão, atraso de propagação e atraso de processamento. O PDB é particularmente crítico para aplicações com requisitos rigorosos de atraso, como comunicação crítica de IoT e automação industrial.
  9. Identificador de fluxo de QoS (QFI): QFI é um identificador associado a cada fluxo de QoS em uma rede 5G. Ajuda a identificar e gerenciar fluxos individuais de maneira exclusiva, permitindo que a rede aplique as políticas de QoS apropriadas a cada fluxo com base em suas características e requisitos.
  10. Taxa de dados máxima (MDR): MDR especifica a taxa de dados máxima permitida para um fluxo de QoS específico. Garante que a rede aloque recursos suficientes para atender aos requisitos de largura de banda do serviço. Aplicativos que exigem altas taxas de dados, como streaming de vídeo ou downloads de arquivos grandes, podem ter valores de MDR mais altos.

Esses parâmetros definem coletivamente a estrutura de QoS nas redes 3GPP 5G, permitindo que as operadoras adaptem os serviços com base nos requisitos específicos de diferentes aplicações e casos de uso. A flexibilidade e granularidade destes parâmetros permitem a gestão eficiente dos recursos de rede, garantindo que uma gama diversificada de serviços possa coexistir e prosperar na infraestrutura 5G.

Recent Updates