Home / CDMA / Quais são os dois tipos principais de PSK com chaveamento de fase?

Quais são os dois tipos principais de PSK com chaveamento de fase?

Phase Shift Keying (PSK) é um esquema de modulação digital usado em sistemas de comunicação para transmitir dados variando a fase do sinal da portadora. Existem dois tipos principais de PSK: Binary Phase Shift Keying (BPSK) e Quadrature Phase Shift Keying (QPSK). Vamos nos aprofundar nos detalhes de cada um:

1. Chaveamento de mudança de fase binária (BPSK):

  • BPSK é a forma mais simples de PSK, onde cada símbolo representa um único bit de informação.
  • No BPSK, a fase do sinal da portadora é deslocada entre dois valores, normalmente 0° e 180°, para representar 0 e 1 binários, respectivamente.
  • As duas mudanças de fase possíveis correspondem aos estados binários (0) e (1), permitindo a transmissão de um bit por símbolo.
  • BPSK é frequentemente usado em cenários onde a taxa de dados não é um fator crítico e a simplicidade é preferida.

2. Chaveamento de mudança de fase em quadratura (QPSK):

  • QPSK é uma extensão do BPSK, projetada para transmitir dois bits por símbolo, tornando-o mais eficiente em termos de largura de banda.
  • QPSK usa quatro mudanças de fase diferentes: 0°, 90°, 180° e 270°, para representar as combinações binárias 00, 01, 10 e 11.
  • Cada símbolo em QPSK representa um par de bits, permitindo a transmissão de uma taxa de dados mais alta em comparação com BPSK.
  • QPSK é amplamente utilizado em vários sistemas de comunicação, incluindo comunicação via satélite e televisão digital.

Comparação:

  • Taxa de bits e eficiência de largura de banda:
    • BPSK transmite um bit por símbolo, enquanto QPSK transmite dois bits por símbolo. Portanto, o QPSK atinge taxas de dados mais altas e é mais eficiente em termos de largura de banda.
  • Mudanças de fase:
    • BPSK tem duas mudanças de fase possíveis (0° e 180°), enquanto QPSK tem quatro mudanças de fase possíveis (0°, 90°, 180° e 270°).
  • Complexidade:
    • BPSK é mais simples em termos de modulação e desmodulação em comparação com QPSK, que envolve mais mudanças de fase e maior complexidade.
  • Aplicativos:
    • BPSK pode ser adequado para aplicações onde a simplicidade é crucial e a exigência de taxa de dados é baixa.
    • QPSK é mais comumente usado em sistemas de comunicação modernos onde taxas de dados mais altas e uso eficiente de largura de banda são essenciais.

Tanto o BPSK quanto o QPSK encontram aplicações em vários cenários de comunicação, e a escolha entre eles depende de fatores como requisitos de taxa de dados, eficiência de largura de banda e complexidade do sistema de comunicação. Embora o BPSK seja simples e possa ser preferido em certas situações, o QPSK é frequentemente escolhido para aplicações onde são necessárias taxas de dados mais altas.

Recent Updates