Home / 5G / O que é UTRAN em 5g?

O que é UTRAN em 5g?

No contexto da comunicação sem fio 5G (Quinta Geração), UTRAN, que significa Universal Terrestrial Radio Access Network, é um termo que se refere especificamente à arquitetura de rede de acesso via rádio usada em redes móveis 3G (Terceira Geração) e 4G (Quarta Geração). , não 5G. Em vez disso, o 5G introduz uma nova arquitetura de rede de acesso via rádio conhecida como NR (New Radio). Para fornecer uma compreensão abrangente, vamos explorar a UTRAN no contexto das tecnologias 3G e 4G:

  1. UTRAN em 3G (UMTS):
    • Definição: Na era 3G, a UTRAN era um componente fundamental da rede UMTS (Sistema Universal de Telecomunicações Móveis). A UTRAN serviu como rede de acesso via rádio responsável por conectar dispositivos móveis (equipamento do usuário ou UE) à rede principal.
    • Componentes principais:
      • Nó-B (Estação Base): O Nó-B, também conhecido como estação base, era um componente chave na UTRAN responsável pela transmissão e recepção de rádio. Ele se comunicava diretamente com os UEs e gerenciava a interface de rádio.
      • Controlador de Rede de Rádio (RNC): O RNC foi outro elemento crucial dentro da UTRAN. Ele administrou tarefas como transferências, gerenciamento de recursos de rádio e funções de plano de controle relacionadas à rede de acesso de rádio.
    • Funções do UTRAN em 3G:
      • Gerenciamento de recursos de rádio: a UTRAN gerenciou recursos de rádio de forma eficiente, alocando canais e ajustando parâmetros de transmissão para otimizar a qualidade da comunicação.
      • Gerenciamento de mobilidade: a UTRAN facilitou o gerenciamento de mobilidade, garantindo transferências contínuas entre diferentes células à medida que os UEs se moviam dentro da área de cobertura da rede.
      • Gestão de Bearer: A UTRAN cuidou do estabelecimento e liberação de bearers, que são canais de comunicação dedicados a serviços específicos, garantindo o QoS (Qualidade de Serviço) adequado.
      • Controle de chamadas: a UTRAN desempenhou um papel no controle de chamadas, gerenciando a configuração, manutenção e liberação de chamadas de voz e dados.
  2. UTRAN em 4G (LTE):
    • Evolução para LTE: Com o advento do 4G LTE (Long-Term Evolution), a arquitetura evoluiu, mas o termo UTRAN continuou a ser usado para descrever a rede de acesso via rádio. Porém, no LTE, os componentes e funções foram redefinidos.
    • Principais componentes do LTE UTRAN:
      • eNodeB (Evolved NodeB): A evolução do Node-B em LTE é representada pelo eNodeB. Os eNodeBs são responsáveis ​​pela transmissão e recepção de rádio, semelhantes aos seus antecessores no UMTS.
      • Evolved Packet Core (EPC): Enquanto a UTRAN se concentrava no acesso de rádio, a LTE introduziu o EPC, que inclui entidades como a MME (Mobility Management Entity) e o S-GW (Serving Gateway). Essas entidades lidam com as principais funções da rede.
    • Funções da UTRAN em LTE:
      • Gerenciamento aprimorado de recursos de rádio: LTE UTRAN continuou a gerenciar recursos de rádio, mas introduziu melhorias para melhorar a eficiência, incluindo suporte para taxas de dados mais altas.
      • Compatibilidade com versões anteriores: LTE UTRAN manteve compatibilidade com versões anteriores com redes 3G, permitindo transferências perfeitas entre LTE e tecnologias 3G legadas.
      • Integração com EPC: LTE UTRAN trabalhou em conjunto com o EPC para garantir conectividade ponta a ponta, apoiando o fluxo eficiente de dados entre UEs e a rede principal.
  3. Transição para 5G NR (Novo Rádio):
    • Introdução do 5G NR: A transição do LTE para o 5G introduziu uma nova tecnologia de acesso por rádio conhecida como NR (New Radio). No contexto 5G, a UTRAN não é utilizada e a rede de acesso rádio é caracterizada por gNBs (gNodeBs), que substituem os eNodeBs.
    • Principais componentes do 5G NR:
      • gNodeB (gNB): gNB é o principal nó de acesso de rádio em 5G NR. Ele executa funções semelhantes aos eNodeBs em LTE, gerenciando transmissão e recepção de rádio, mas com melhorias para suportar novos recursos 5G.
      • NG-RAN (Rede de Acesso por Rádio de Próxima Geração): O termo NG-RAN é usado em 5G para descrever a arquitetura geral da rede de acesso por rádio, que inclui gNBs.
    • Funções do 5G NR:
      • Taxas de dados aprimoradas: o 5G NR apresenta taxas de dados significativamente aprimoradas, menor latência e maior capacidade em comparação com as gerações anteriores, atendendo a diversos casos de uso e aplicações.
      • Suporte para novos casos de uso: o 5G NR foi projetado para oferecer suporte a uma ampla variedade de casos de uso, incluindo banda larga móvel aprimorada (eMBB), comunicação massiva do tipo máquina (mMTC) e comunicação ultraconfiável de baixa latência (URLLC).
      • Tecnologias avançadas de antena: 5G NR incorpora tecnologias avançadas de antena, como Massive MIMO (Multiple Input Multiple Output), formação de feixe e comunicação por ondas milimétricas, para otimizar a cobertura e a capacidade.
      • Fatiamento de rede: o 5G introduz o fatiamento de rede, permitindo a criação de redes virtuais adaptadas a serviços e aplicações específicas, fornecendo conectividade personalizada com diversos requisitos de QoS.

Em resumo, a UTRAN, originalmente associada à rede de acesso rádio em 3G (UMTS) e 4G (LTE), representa um estágio evolutivo na comunicação sem fio. Com o advento do 5G, a arquitetura fez a transição para NR, apresentando gNBs e NG-RAN. Essa mudança traz melhorias significativas nas taxas de dados, na latência e na capacidade de suportar diversos casos de uso, marcando uma nova era na conectividade sem fio.

Recent Updates