Home / 5G / O que é transferência entre frequências em 5g?

O que é transferência entre frequências em 5g?

No 5G, a transferência entre frequências é um procedimento fundamental de gerenciamento de mobilidade que permite que um Equipamento de Usuário (UE) faça uma transição perfeita entre células operando em diferentes bandas de frequência. Este processo é crucial para manter uma ligação contínua e fiável à medida que o UE se move através da área de cobertura da rede 5G. A transferência entre frequências é particularmente significativa em cenários onde múltiplas bandas de frequência são utilizadas para fornecer ampla cobertura e aumentar a capacidade da rede.

Os principais aspectos da transferência entre frequências em 5G incluem:

  1. Faixas de frequência em 5G:
    • As redes 5G implantam várias bandas de frequência, incluindo a faixa de frequência 1 (FR1) e a faixa de frequência 2 (FR2). FR1 abrange frequências sub-6 GHz, enquanto FR2 inclui frequências de ondas milimétricas (mmWave). A transferência entre frequências torna-se necessária quando um UE faz a transição entre células operando em diferentes bandas de frequência.
  2. Mobilidade perfeita:
    • A transferência entre frequências foi projetada para garantir mobilidade contínua para os UEs à medida que eles se movem dentro da rede. Este processo permite que o UE mantenha uma conexão ativa durante a transição entre células, mesmo quando estas células operam em bandas de frequência distintas.
  3. Medições de rádio:
    • Antes de iniciar uma transferência entre frequências, o UE realiza continuamente medições de rádio para avaliar a qualidade das células vizinhas operando em diferentes bandas de frequência. Essas medições incluem intensidade e qualidade do sinal e outros parâmetros relevantes.
  4. Informações da célula vizinha:
    • A rede fornece ao UE informações sobre células vizinhas operando em diferentes bandas de frequência. Esta informação permite que o UE tome decisões informadas sobre o início de uma transferência entre frequências com base na qualidade das células disponíveis.
  5. Relatórios de medição:
    • O UE gera periodicamente relatórios de medição com base nas condições de rádio observadas. Esses relatórios são enviados para a rede, permitindo que ela tome decisões sobre acionadores de handover e células-alvo.
  6. Decisão de transferência:
    • A decisão de iniciar uma transferência entre frequências é tomada pela rede com base nos relatórios de medição recebidos. Quando a qualidade da conexão do UE com a célula servidora atual se degrada ou quando uma célula vizinha em uma banda de frequência diferente é considerada mais adequada, a rede aciona o processo de transferência.
  7. Configuração da célula de destino:
    • Antes de executar o handover, a rede configura a célula alvo (a célula em uma banda de frequência diferente) para prepará-la para o UE de entrada. Isso envolve sincronização, configuração de parâmetros de rádio e outros ajustes necessários.
  8. Execução de transferência:
    • A execução real da transferência envolve o UE comutando sua conexão da célula servidora atual para a célula alvo em uma banda de frequência diferente. Este processo deve ser executado de forma integrada e sem interrupção do serviço para garantir uma experiência positiva ao usuário.
  9. Lacuna de medição:
    • Para facilitar o processo de transferência, pode ser introduzido um intervalo de medição durante o qual o UE pausa temporariamente a transmissão de dados para realizar medições precisas em células vizinhas.
  10. Padronização 3GPP:
    • Os procedimentos e protocolos para transferência entre frequências são padronizados pelo Projeto de Parceria de 3ª Geração (3GPP). A padronização garante que os processos de transferência sejam consistentes em diferentes redes 5G e em conformidade com as especificações globais.

Em resumo, a transferência entre frequências em 5G é um procedimento crítico de gestão de mobilidade que permite aos UEs fazer uma transição perfeita entre células que operam em diferentes bandas de frequência. Este processo garante conectividade contínua, otimizando a experiência do usuário e permitindo o uso eficiente de diversos recursos de frequência dentro da rede 5G.

Recent Updates