Home / 4G LTE / O que é diversidade de transmissão em LTE?

O que é diversidade de transmissão em LTE?

Diversidade de transmissão em LTE (Evolução de longo prazo) é uma técnica empregada em sistemas de comunicação sem fio para aumentar a confiabilidade da transmissão do sinal, utilizando múltiplas antenas na extremidade da transmissão. Este método visa mitigar os efeitos do desvanecimento, melhorar a robustez do link de comunicação e garantir uma recepção mais confiável na extremidade receptora, normalmente no Equipamento do Usuário (UE). A Diversidade de Transmissão é uma das abordagens fundamentais para combater deficiências de canal e otimizar o desempenho das redes LTE. Vamos nos aprofundar em uma explicação detalhada dos princípios, benefícios e implementação da Diversidade de Transmissão em LTE.

Princípios de Transmitir Diversidade:

1. Entrada única e saída única (SISO):

  • A diversidade de transmissão começa com o conceito de entrada única e saída única (SISO), onde uma única antena é usada para transmissão e recepção. No SISO, o link de comunicação é suscetível a desbotamentos e variações no canal de rádio.

2. Várias antenas:

  • Transmit Diversity introduz o uso de múltiplas antenas na extremidade de transmissão, permitindo a transmissão simultânea dos mesmos dados em diferentes canais espaciais. Essa redundância espacial é aproveitada para combater os efeitos do desbotamento e melhorar a confiabilidade geral.

3. Diversidade de tempo ou frequência:

  • A Diversidade de Transmissão pode ser implementada através da diversidade de tempo ou frequência. Na diversidade de tempo, múltiplas cópias do mesmo sinal são transmitidas em diferentes momentos de tempo. Na diversidade de frequência, o sinal é transmitido em canais de frequência diferentes.

Benefícios da diversidade de transmissão em LTE:

1. Mitigação de desbotamento:

  • Um dos principais benefícios da Transmitir Diversidade é a sua capacidade de mitigar o impacto do desvanecimento. O desvanecimento ocorre quando o sinal sofre flutuações na amplitude e na fase devido a fatores como a propagação multipercurso. A transmissão de cópias redundantes do sinal através de múltiplas antenas ajuda a garantir que pelo menos uma cópia mantenha um link confiável.

2. Maior confiabilidade do link:

  • A Diversidade de Transmissão aumenta a confiabilidade do link de comunicação, especialmente em cenários onde o canal de rádio está sujeito a variações. Ao fornecer diversidade no domínio espacial, a probabilidade de perda de todo o sinal devido ao desvanecimento é significativamente reduzida.

3. Maior intensidade do sinal:

  • O uso de múltiplas antenas permite que o Transmit Diversity melhore a intensidade geral do sinal na extremidade receptora. Mesmo que uma cópia do sinal sofra desvanecimento ou atenuação, as outras cópias podem compensar, levando a um sinal recebido mais robusto.

4. Cobertura aprimorada:

  • A Transmit Diversity contribui para uma melhor cobertura, melhorando a qualidade do link em ambientes de rádio desafiadores. Isto é particularmente benéfico em áreas com obstáculos ou altos níveis de atenuação de sinal.

5. Técnicas Adaptativas:

  • A Transmit Diversity pode ser adaptativa, ajustando sua operação com base nas condições do canal em tempo real. Técnicas como diversidade de seleção e diversidade switch-and-stay selecionam dinamicamente a melhor combinação de antenas para otimizar o desempenho.

Implementação da Diversidade de Transmissão:

1. Codificação Alamouti:

  • A codificação Alamouti é uma técnica amplamente utilizada para implementar a Diversidade de Transmissão em LTE. Envolve o envio de duas cópias dos mesmos dados em dois intervalos de tempo consecutivos com relacionamentos de fase específicos. Na extremidade receptora, essas cópias são combinadas para recuperar o sinal original.

2. Codificação Espaço-Tempo:

  • A codificação espaço-tempo é outra técnica que estende a diversidade de transmissão a múltiplas antenas. Envolve a transmissão de diferentes combinações lineares de dados através de múltiplas antenas, permitindo uma melhor recuperação do sinal no receptor.

3. Diversidade de transmissão comutada:

  • A diversidade de transmissão comutada envolve a seleção da melhor antena entre diversas opções com base nas condições do canal. O sistema alterna dinamicamente entre antenas para manter um link ideal.

4. Múltiplas entradas e saída única (MISO):

  • As configurações MISO, que envolvem múltiplas antenas de transmissão e uma única antena receptora, também contribuem para a Diversidade de Transmissão. As múltiplas antenas no transmissor proporcionam diversidade espacial, aumentando a confiabilidade.

Considerações práticas:

1. Operação Adaptativa:

  • Os sistemas Transmit Diversity geralmente operam de forma adaptativa, ajustando sua configuração com base no feedback em tempo real do receptor ou da rede. Essa adaptabilidade garante desempenho ideal em condições variáveis ​​do canal.

2. Implementação em Redes LTE:

  • As redes LTE normalmente implementam Transmit Diversity como parte de sua tecnologia de acesso por rádio. O uso de múltiplas antenas na estação base contribui para a otimização geral da rede e para uma melhor experiência do usuário.

Conclusão:

Concluindo, a Diversidade de Transmissão em LTE é uma técnica crucial para aumentar a confiabilidade da comunicação sem fio, aproveitando múltiplas antenas na extremidade da transmissão. Através dos princípios de redundância espacial, mitigação de desvanecimento e operação adaptativa, o Transmit Diversity contribui para melhorar a qualidade do link, a cobertura e o desempenho geral da rede em vários ambientes de rádio.

Recent Updates