Home / 4G LTE / O que é a banda 46 em LTE?

O que é a banda 46 em LTE?

Nas redes Long-Term Evolution (LTE), a Banda 46 refere-se a uma banda de frequência específica alocada para comunicação sem fio. A banda 46 é a única que se enquadra no espectro da Infraestrutura de Informação Nacional Não Licenciada (U-NII). Esta banda é frequentemente associada ao uso de LTE no Citizens Broadband Radio Service (CBRS) nos Estados Unidos. Compreender os detalhes da Banda 46 é crucial para compreender o seu papel nas redes LTE, suas características e as implicações para a comunicação sem fio. Vamos nos aprofundar nas especificidades da Banda 46 em LTE:

1. Definição da Banda 46 em LTE:

Infraestrutura de informação nacional não licenciada (U-NII):

  • A banda 46 faz parte do espectro U-NII, que designa bandas de frequência específicas para uso não licenciado. No caso do LTE, a Banda 46 é usada para fornecer capacidade e cobertura adicionais, especialmente em cenários onde o espectro licenciado pode ser limitado.

2. Faixa de frequência e características:

Alocação de espectro:

  • A banda 46 normalmente é alocada na faixa de frequência de 5 GHz, especificamente na faixa de 5,15 GHz a 5,925 GHz. Esta faixa é comumente associada às bandas U-NII-1 e U-NII-3.

Canalização:

  • A banda 46 suporta vários canais dentro de sua faixa de frequência alocada, permitindo a implantação de serviços LTE de uma maneira que evita interferência com outras tecnologias sem fio operando na mesma banda de frequência.

3. Uso no serviço de rádio de banda larga para cidadãos (CBRS):

Estrutura CBRS:

  • Nos Estados Unidos, a Banda 46 é frequentemente associada à estrutura CBRS, que permite o uso compartilhado da banda de 3,5 GHz. O espectro CBRS é dividido em três níveis, com a Banda 46 fazendo parte do nível de Acesso Autorizado Geral (GAA).

Acesso ao espectro compartilhado:

  • A estrutura CBRS permite que os usuários acessem o espectro de forma compartilhada, proporcionando oportunidades para diversas entidades, incluindo operadoras móveis e empresas privadas, utilizarem a Banda 46 para serviços LTE.

4. Principais características e importância:

Capacidade adicional:

  • A banda 46 é utilizada para fornecer capacidade adicional para redes LTE, especialmente em áreas com alta demanda de dados ou onde o espectro licenciado pode ser escasso.

Cobertura aprimorada:

  • Ao aproveitar a Banda 46, as operadoras podem aumentar a cobertura e melhorar a qualidade do serviço, enfrentando desafios relacionados ao congestionamento da rede e melhorando a experiência geral do usuário.

Compartilhamento dinâmico de espectro:

  • O uso da Banda 46, especialmente no contexto do CBRS, exemplifica o conceito de compartilhamento dinâmico de espectro, onde múltiplas entidades podem acessar e compartilhar o espectro dinamicamente com base na demanda e na prioridade.

5. Desafios e considerações:

Gerenciamento de interferências:

  • O gerenciamento de interferências é uma consideração crítica em bandas de espectro não licenciadas. Operadoras e reguladores implementam medidas para mitigar interferências e garantir a coexistência de diversos serviços na Banda 46.

Conformidade regulatória:

  • O uso da Banda 46, especialmente na estrutura CBRS, exige conformidade com diretrizes e padrões regulatórios para garantir um compartilhamento de espectro justo e eficiente.

6. Implicações e desenvolvimentos futuros:

Evolução 5G:

  • À medida que as redes sem fio evoluem para 5G, a utilização da Banda 46 pode continuar a desempenhar um papel significativo no fornecimento de capacidade adicional e no suporte a serviços aprimorados.

Alterações regulatórias:

  • Mudanças e atualizações regulatórias podem impactar a utilização da Banda 46, e as operadoras precisam se manter informadas sobre quaisquer modificações nas políticas de alocação de espectro.

Conclusão:

Concluindo, a Banda 46 nas redes LTE, alocada dentro do espectro da Infraestrutura de Informação Nacional Não Licenciada (U-NII), é um recurso crucial para fornecer capacidade e cobertura adicionais. Particularmente associada à estrutura do Citizens Broadband Radio Service (CBRS) nos Estados Unidos, a Banda 46 exemplifica o conceito de partilha dinâmica do espectro e desempenha um papel vital na abordagem dos desafios relacionados com o congestionamento da rede e na melhoria da qualidade geral do serviço. À medida que as tecnologias sem fio continuam a evoluir, espera-se que a Banda 46 continue a ser um ativo significativo no portfólio do espectro, contribuindo para a eficiência e expansão das redes LTE e futuras redes 5G.

Recent Updates